Quando acionado, o botão ativará a gravação dos vídeos por meio de câmeras dentro dos ônibus, que serão encaminhados à Polícia Civil

As mulheres de Fortaleza contarão com uma nova ferramenta para denunciar os crimes de assédio sexual registrados nos transportes públicos da capital. “Nina”, como é chamado o sistema, faz parte das primeiras ações do Programa de Combate ao Assédio Sexual no Transporte Público, que visa o enfrentamento do problema, no sentido de incentivar a denúncia, coibir o assédio, gerar informação e conscientizar a população. O programa será lançado oficialmente na quinta-feira (7), mas já está disponível para alguns aparelhos.

Conforme divulgado anteriormente, o botão virtual “Nina” será uma atualização do aplicativo Meu Ônibus, já disponível para Android e iOS. A nova tecnologia mapeia e auxilia a denúncia de casos de assédios no transporte público, ajudando a identificar as linhas e os pontos onde ocorreram situações de assédio. Quando acionado, o botão automaticamente ativará a gravação dos vídeos por meio de câmeras dentro dos ônibus, que serão encaminhados à Polícia Civil. Assim, quando a vítima ou testemunha for denunciar o caso à Delegacia da Mulher ou à Delegacia da Criança e do Adolescente, poderá contar com a prova do ocorrido.

Além da ferramenta a Prefeitura de Fortaleza lançará a campanha “Respeito Coletivo”, ação coordenada pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT).

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook