A quadrilha Junina Beija Flor do Sertão de Fortaleza encerro seus espetáculos no ano de 2008, de lá pra cá se passaram 11 anos, em 2019 será o 11° são João sem a Beija Flor que continua  viva nas lembrança dos dançarinos e nos amor do público que durante 15 anos acompanharam a  trajetória de sucesso obtida pelo grupo em sua jornada de apresentações o que  deixou  um legado ao  grupo.

O legado de ter sido a primeira quadrilha  junina do Ceara a conquistar um título nacional, ao  todo o grupo teve  dois  títulos, dois título Nordestino, dentre inúmeros outros.

O grupo que ensaiava no José Walter sempre  apostou na inivação, no luxo  e hoje é referência para centenas de grupos Brasil a fora.

Beija Flor se despediu dos arraias  em 2008, mais sua lembrança  ficou eternizada em todos que poderam prestigiar  o espetáculo de suas apresentações.

Com essas  e outras abrimos nossa  serie de  reportagens junina trazendo a memoria esta grandiosa quadrilha que revolucionou a história junina do nosso estado e levou a um patamar mais elevado  toda  geração da cultura junina do estado.

Veja  abaixo um pouco de cada ano deste belíssimo espatáculo.

Comentários