Uma mulher foi presa em flagrante ao tentar falsificar um documento de identidade utilizando os dados da própria irmã, no Vapt Vupt do bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. A falsificação seria para sacar o dinheiro do Bolsa-Família.

Após a análise dos dados e das impressões digitais, procedimento padrão para a confecção das carteiras de identidade, um servidor da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) lotado na Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas (CIHPB), localizada dentro do Vapt Vupt, constatou que os dados pertenciam a irmã de Helena Martins Rodrigues (53), como foi identificada. A mulher foi levada para a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF).

De acordo com Felipe Moura, supervisor do arquivo da CIHPB, Helena Martins apresentou a certidão de nascimento da irmã ainda no fim do mês de abril e agendou para buscar o documento nessa quarta-feira (8), mas a verificação dos dados e a análise das impressões digitais revelaram que Helena estava tentando se passar pela própria irmã. Após ser descoberta, Helena confessou que queria tirar uma nova carteira de identidade com os dados da irmã para sacar o benefício. A irmã de Helena está presa desde o ano passado.

Os peritos já haviam descoberto a tentativa de falsificação e acionaram a DDF. Quando Helena foi buscar o documento nomeada como “Maria”, ela recebeu voz de prisão pela equipe de policiais que já aguardavam a sua chegada. A mulher vai responder pelos crimes de falsa identidade e falsidade ideológica.

Via Cnews

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here