Chega a oito o número de capturados pela morte de Maria Elailane do Nascimento, 19 anos, espancada, apedrejada e morta a golpes de faca em Sobral, na última terça-feira (14). Ao todo, cinco mulheres e três homens foram detidos suspeitos de cometerem o crime.

Os agressores aparecem em um vídeo do espancamento que circula em redes sociais. Nesta quarta-feira (15), quatro mulheres já haviam sido capturadas pela polícia. Entre os participantes do crime, quatro são adolescentes.

A polícia afirmou que o crime foi motivado por disputa entre facções criminosas.

Elailane foi encontrada morta em uma casa abandonada no bairro Terrenos Novos. As agressões contra a vítima começaram ainda na rua e só tiveram fim dentro do imóvel, onde ela foi executada.

O titular do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) de Sobral, delegado Paulo Castro, informou que a vítima passava pela rua do bairro quando foi reconhecida por um grupo de mulheres como integrante de uma facção criminosa rival. Em seguida, Elailane passou a ser agredida com socos, chutes, puxões de cabelos e xingamentos.

As imagens mostram a vítima sendo arrastada pelos cabelos para o imóvel abandonado. Um homem se aproxima e observa a violência, cometida dentro e fora da residência.

Dentro da casa, as agressões passam a ser mais intensas. Pedaços de madeiras e pedras são utilizados pelas mulheres para espancar a jovem. A vítima morreu no local, com golpes de facas.

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários

Deixe uma resposta