Após quase duas semanas mais uma pessoa morreu afogada na região do Cariri. Por volta das 6 horas deste domingo o aposentado Francisco Rodrigues de Souza, de 76 anos, que residia na Rua Padre Cícero (Distrito de Quincuncá) na zona rural de Farias Brito, caiu dentro de um cacimbão perto de sua casa. Ele foi retirado por socorristas do SAMU e a ajuda de populares ali residentes.

Os profissionais de saúde ainda tentaram reanimá-lo, mas não surtiu o efeito desejado. A polícia foi acionada e uma patrulha do Destacamento de Farias Brito esteve no local com os Cabos Olímpio e Flávio e os Soldados Juscenildo e Tiago Nunes quando acionaram o rabecão. O corpo de Seu Francisco foi recolhido para ser necropsiado na Perícia Forense de Juazeiro.

Os últimos casos de mortes em conseqüência de afogamentos tinham ocorrido no dia 2 de julho na lagoa do Parque Ecológico das Timbaúbas em Juazeiro. Ali morreram o estudante Luciano Monteiro Vieira, de 12, que residia na Rua Ernestina Sobreira (Limoeiro) e Natanael Belo do Nascimento, de 11 anos, o “Natan”, o qual morava na Rua São Geraldo no bairro Pio XII. As crianças foram tomar banho e acabaram morrendo afogadas, sendo retiradas por militares do Corpo de Bombeiros.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook