Uma mulher de 44 anos e um homem de 54 anos foram presos preventivamente por exploração sexual no bairro Taboão, em Curitiba, nesta quinta-feira. Segundo a Polícia Civil do Paraná, a suspeita oferecia seus filhos, de 9 e 11 anos, para serem abusados sexualmente, em troca de dinheiro e bebidas alcoólicas.

A mãe das vítimas alegou não ter conhecimento de nada e disse que o preso era seu amigo. Já sua filha, de 11 anos, contou aos policiais que ele já teria passado a mão nela e fazia isso com frequência, e que seu irmão teria visto o homem tomando banho.

As crianças informaram ainda que o homem dava dinheiro, bebidas alcoólicas e comida para a mãe, e que todas as vezes em que relatavam os abusos que sofriam, a mulher agia de forma agressiva.

Elas foram encaminhadas ao Conselho Tutelar para a medida de procedimentos cabíveis e em seguida foi concedida guarda provisória ao pai, que tinha registrado mais um boletim de ocorrência contra o suspeito em maio de 2018. Segundo ele, sua filha teria sido estuprada pelo suspeito no mês de janeiro daquele ano. Em depoimento, disse que a menina teria contado para a mãe sobre a violência, mas afirmou que ela não teve reação.

Os investigadores tomaram conhecimento sobre o caso três meses antes, quando o homem de 54 anos vinha sendo ameaçado por moradores de Taboão, que o acusavam de estupro de vulnerável. Uma equipe policial foi à residência da mulher, onde encontrou ambos consumindo bebidas alcoólicas na presença das crianças.

A Polícia Civil informou que os presos responderão por estupro de vulnerável, favorecimento da prostituição e ameaça. O homem e a mulher encontram-se à disposição da Justiça.

Fonte: Extra

Siga-me

Jornalista Ricardo Cavalcante

Informações e contato em Portal Jurema News
Jornalista sob registro Drt 3648/Ce
Quem sou: Um apaixonado por tecnologia, busco sempre novas tecnologias para deixar esse portal cada vez mais completo.
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Deixe uma resposta