Motoristas de cacimbas fizeram uma manifestação na manhã deste domingo (28), na Avenida Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste). Os transportadores protestaram contra a medida da Prefeitura de Fortaleza de credenciar veículos de empresas terceirizadas para realizar o transporte de resíduos sólidos.

A concentração de veículos de transporte saiu por volta das 7 horas da manhã e seguiu até a Praça Portugal, onde os protestos finalizaram ao meio-dia. Segundo os organizadores, cerca de 100 carretas se reuniram no ato.

De acordo com Bruna Teixeira, que participou da manifestação, a maioria dos transportadores trabalhava normalmente. Com a alteração na lei, muitos passaram a atuar de forma clandestina, devido à limitação do cadastramento da prefeitura. Em uma atuação ilegal, Bruna afirma que muitos trabalhadores já tiveram os caminhões recolhidos e foram autuados com multas altas.

De acordo com a Lei Municipal 10.340/15, é considerado infração gravíssima executar o serviço de coleta e transporte de resíduos sólidos sem o devido credenciamento municipal. As multas previstas na variam de R$ 867,17 a R$ 21.679,38.

Em nota ao Sistema Verdes Mares, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) afirma que os caminhões e empresas não cadastrados na Prefeitura, muitas vezes realizam o descarte de forma irregular, criando pontos de lixo, sobrecarregando a coleta pública e gerando transtornos para a população.

A AMC não registrou bloqueio das vias.

Via Diário do Nordeste

Siga-me

Jornalista Ricardo Cavalcante

Informações e contato em Portal Jurema News
Jornalista sob registro Drt 3648/Ce
Quem sou: Estudante de Jornalismo pelo a universidade Estácio de Sá, sou um apaixonado por tecnologia, busco sempre novas tecnologias para deixar esse portal cada vez mais completo.
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook