Uma mulher, de 19 anos, foi incediada na favela do Lixão, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro pelo companheiro após uma discussão. A reportagem é do R7.

Ela tem dois filhos que não são do suspeito e esta com 40% do corpo queimado. Foi encaminhada para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna e segundo a direção do hospital, a paciente apresenta estado de saúde gravíssimo.

De acordo com a Deam (Delegacia de Atendimento a Mulher) de Duque de Caxias, o caso foi registrado como tentativa de feminicídio e a especializada já encaminhou à Justiça o pedido de prisão do companheiro da vítima pela autoria do crime.

A delegada da Deam, Fernanda Fernandes, afirmou que quando soube do caso a vítima já estava internada e no CTI e que a mulher já havia sido agredida outras vezes pelo companheiro. Além disso o suspeito tem passagens pela polícia e é associado ao tráfico da comunidade do Lixão.

“Nós fomos procurados pela família da vítima ontem devido a gravidade do caso. Quando eles estiveram aqui, falaram que souberam do caso pela irmã do autor. Ela teria encontrado a vítima no chão, gemendo de dor, falando pouco e com o corpo quase todo tomado de queimaduras. Diante da gravidade, fomos ao hospital, conseguimos o prontuário que confirmava todos os fatos e pedimos a prisão dele ontem mesmo.”

O rapaz esta foragido e a família teme que ele se aproxime da vítima novamente.

180 Graus

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook