Uma idosa de 73 anos sofreu tentativa de golpe nesse sábado, 7, em caixa eletrônico do Banco 24 Horas do Shopping Center Um, na Aldeota, em Fortaleza. A mulher aposentada da Polícia Federal, foi ao banco sacar dinheiro e um homem, que aparentava ter cerca de 35 anos, tentou enganar a senhora. Com experiência na Polícia, a mulher não caiu no golpe. A mulher preferiu não ser identificada.

Segundo a filha dela, por volta das 10 horas do sábado, a mãe foi ao shopping. Ao sair do caixa eletrônico, o homem, que estava atrás na fila, abordou-a dizendo que a máquina tinha expelido um papel. Nele, estava escrito que ela precisava alterar senha. O papel era timbrado do Banco 24 horas, mas não apresenta o número da agência e nem conta da cliente. “Ela achou esquisito o interesse dele. Em pleno sábado e no feriado fazer ‘plantão’ na fila do (banco) 24 horas. Achou esquisito o que estava escrito no papel, de que o ‘portador autorizado poderia ajudar'”, narra a filha.

O papel apresentado pelo homem é semelhante ao que sai das máquinas de autoatendimento. “Lá tem muitas pessoas com idade avançada”, comenta a filha da idosa. Ela relata que a mãe não disse nada ao homem que a abordou e foi embora, com o papel na mão.

Por meio da assessoria de imprensa, o Banco 24 Horas informa que não solicita informações pessoais presencialmente, por meio de terceiros, durante as operações em seus caixas eletrônicos. A nota avisa ainda que, para a segurança dos clientes, a empresa mantém à disposição um canal de atendimento exclusivo 24 horas por dia, sete dias por semana, no telefone 0800 56 24 00.

O POVO Online procurou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) na noite de sábado, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Via O Povo Online
Siga-me

Jornalista Ricardo Cavalcante

Informações e contato em Portal Jurema News
Jornalista sob registro Drt 3648/Ce
Quem sou: Estudante de Jornalismo pelo a universidade Estácio de Sá, sou um apaixonado por tecnologia, busco sempre novas tecnologias para deixar esse portal cada vez mais completo.
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook