Há 28 anos, Brandon Seminatore nascia de um parto prematuro num hospital da Califórnia e precisou ser internado na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais (UCIN). A reportagem é do R7.

Na época, ficou sob os cuidados da enfermeira Vilma Wong e os dois acabaram se reencontrando, mas por outro motivo: o bebê cresceu e se tornou médico da UCIN.

“Perguntei se o seu pai era um policial e houve um grande silêncio. Então ele me perguntou se eu era Vilma. ‘Eu disse sim’.”, lembra a enfermeira. “Eu fiquei muito desconfiada porque me lembro de ter cuidado de um bebê com o mesmo sobrenome”, contou.

Hoje, aos 54 anos, Vilma diz estar orgulhosa por saber que Brandon agora é um médico pediatra residente, que cuida da mesma população da qual fez parte quando nasceu.

180 graus

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook