O curta-metragem cearense “Aqueles Dois”, dirigido por Émerson Maranhão, é um dos 15 selecionados para a mostra nacional “Olhar Brasilis”, no próximo mês de outubro, em Santos, litoral paulista. A divulgação de selecionados acontece quase um mês após o presidente Jair Bolsonaro vetar o financiamento de filmes com temática LGBT.

Além do filme de Émerson, outras produções nordestinas foram aprovadas para a mostra nacional. Os filmes são de Pernambuco e Bahia. “Aqueles Dois” narra a história de dois rapazes trans. “Duas histórias que se cruzam. Duas vidas unidas por uma condição que define suas existências. Duas jornadas em busca do amor e de se reconhecer no espelho”, diz a sinopse do curta, que foi lançado no ano passado. 

Em live no Facebook, Jair Bolsonaro criticou, em agosto deste ano, alguns filmes financiados pela Agência Nacional do Cinema (Ancine). As obras abordavam o universo LGBT e outros grupos minorizados. “Um filme chama ‘Transversais’. Olha o tema: ‘Sonhos e realizações de cinco pessoas transgêneros que moram no Ceará. Conseguimos abortar essa missão”, disse o presidente. A produção é um desdobramento em formato de série, do curta feito por Émerson. 

Em uma nova ofensiva contra a Agência, Bolsonaro pretende cortar quase 45% do orçamento do Fundo Setorial do Audiovisual, para R$ 415,3 milhões. É a menor dotação para o fundo desde 2012, quando o órgão recebeu R$ 112,36.

Via Cnews

Siga-me

Jornalista Ricardo Cavalcante

Informações e contato em Portal Jurema News
Jornalista sob registro Drt 3648/Ce
Quem sou: Estudante de Jornalismo pelo a universidade Estácio de Sá, sou um apaixonado por tecnologia, busco sempre novas tecnologias para deixar esse portal cada vez mais completo.
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook