A polícia investiga o paradeiro de uma mulher que teve o cabelo cortado à força e foi agredida por outras mulheres na comunidade do “Oitão Preto”, no Bairro Moura Brasil, em Fortaleza, no último dia 23 de outubro. Vídeos da agressão circulam na internet. As agressoras estão foragidas.

Desde o episódio violento, a vítima não foi mais vista na comunidade. A Polícia Civil investiga a possibilidade de homicídio.

Três agressoras aparecem nas imagens cortando o cabelo da vítima e dando socos no rosto dela. Pelo menos uma das mulheres usa uma tornozeleira eletrônica. As suspeitas são maiores de idade, segundo a polícia, e também estão sendo procuradas.

Ainda de acordo com a polícia, as próprias agressoras divulgaram as imagens na internet. O caso teria relação com rivalidade entre facções criminosas.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

Fonte: G1 CE

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook