Depois de dar entrada na UPA Luiz Nerys Nunes de Miranda, no centro de Caucaia, apresentando feridas pelo corpo e inflamação na garganta, uma criança contraiu bactéria hospitalar e infecção na pele, ao ser medicada na unidade. A denúncia é feita por Deuzinho Filho, pré-candidato a prefeito de Caucaia, que recebeu as informações, por meio de áudio, enviado pela mãe.

Na mensagem, ela pontua que a médica pediatra, responsável pelo atendimento, receitou uma injeção de benzetacil, e que a aplicação foi incorreta. “Quando a moça me pediu pra abaixar a fralda dele, ao invés dela aplicar no bumbum, aplicou no meio da coxa. Machucou por dentro e criou um abscesso, que gerou uma bactéria e uma infecção na pele”, relata a mãe.

Após o ocorrido, a criança foi levada para o Hospital Infantil SOPAI, localizado no bairro Carlito Pamplona, onde recebe tratamento há 10 dias. Deuzinho destaca que houve negligência e responsabiliza a Fundação Leandro Bezerra de Menezes, empresa licitada pela Prefeitura de Caucaia em 2018, para gerenciar as duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) existentes no município. 

Deuzinho Filho ofereceu ainda, suporte advocatício gratuito para a mãe. “Mãezinha, eu dou um advogado para a senhora processar a saúde de Caucaia, e quem paga sou eu. Porque estão maltratando o futuro da minha terra, o futuro de Caucaia”, se prontificou.

Veja denuncia apresentada por Deuzinho Filho durante seu program na web.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook