O governador Camilo Santana disse que propor anistia aos policiais militares amotinados é questão fora de cogitação para o Governo do Estado.

A declaração do governador ocorre depois de os episódios ocorridos na noite de quinta-feira em que, após reunião de um grupo de senadores com representantes dos movimentos, chegou-se a falar na possibilidade.

“Anistia de quem fizer motim na polícia é inegociável”, declarou o governador Camilo Santana em rápido diálogo com esta coluna na manhã desta sexta-feira (21).

A declaração do governador ocorre logo após a reunião de planejamento entre as forças e segurança do Estado e a 10ª Região Militar para definir a estratégia de patrulhamento das ruas.

O foco da operação será Fortaleza e a Região Metropolitana. As forças do Exército aqui no Ceará serão reforçadas por tropas de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Fonte: Diário do Nordeste

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me
Últimos posts por Jornalista Ricardo Cavalcante (exibir todos)

Comentários no Facebook