Em tempos de quarentena, cada ação pode fazer diferença na vida de pessoas em vulnerabilidade socioeconômica. Neste domingo (12), o Grupo Amor, conhecido por realizar ações de apoio à pessoas em situação de rua, distribuiu 100 cestas básicas, juntamente com máscaras, pães, materiais de higiene e sabão em barra, no Centro da cidade. Ao todo, mais de 500 cestas básicas já foram arrecadadas, e o grupo se organiza para planejar a entrega das outras 400.

Para a recicladora Silvia Maria Soares, a ação fez toda a diferença – desempregada e com o trabalho informal afetado pelo fechamento do comércio, Silvia agradeceu pela contribuição dos voluntários. “Graças a Deus, com essas ajudas a gente vai vencendo”, comemora.

Carlos Antônio, servente da construção civil, vive de aluguel social e estava tentando encontrar maneiras de contornar a sua realidade. “Fiz uns cursos, abracei essa saída”, compartilha. Com a pandemia de Covid-19, no entanto, os esforços foram interrompidos. “Piorou tudo, então a gente tem que se prevenir. Já andei ganhando itens de higiene, e faz diferença”.

Segundo a voluntária Larissa Santana, do Grupo Amor, realizar doações é uma maneira de tentar contribuir com pessoas que já eram vulneráveis antes da pandemia, e agora percebem a situação se agravando. “Hoje, especificamente, as 100 cestas básicas são para pessoas que são cadastradas na Prefeitura e que receberam aluguel social”, explica.

Doação

O Grupo Amor, atuante na cidade, reúne mais de 140 voluntários que buscam dar apoio e assistência às pessoas em situação de rua. A comunicação e o planejamento são realizados através das redes sociais e as ações ocorrem em distintos pontos da Capital, buscando combater a fome.

Para contribuir, é possível entrar em contato com o grupo através do Instagram (@grupo_amor) e do Facebook (@ProjetoGRUPOAMOR).

Diário do Nordeste

Por Redação
Miséria.com.br

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook