Uma cena inusitada foi registrada na Jurema, em Caucaia. Uma garota de programa foi até uma agência da Caixa Econômica Federal cobrar o programa não pago. O homem que não pagou os serviços estava na fila aguardando a sua vez para receber o auxílio emergencial de R$ 600, do Governo Federal.

 

Via Cn7

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook