A lista de pessoas recuperadas da Covid-19 está crescendo a cada dia, mas nada de pensar que a rotina voltou ao normal. Régis Feitosa, tem 50 anos e um tipo de câncer muito raro, todos os filhos dele herdaram a doença. Em março, ele suspeitou ter contraído a Covid-19, sem ter certeza, ficou em isolamento e gravou um vídeo depois de ser internado por pneumonia.

Depois da gravação, os sintomas ficaram mais fortes, Régis tinha dificuldades para respirar e foi internado mais uma vez, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), veio a certeza: foi infectado pelo Coronavírus.

Foram 43 dias na UTI, 23 em coma induzido e de notícias nada agradáveis para quem já luta contra a leucemia. A vontade de viver venceu, depois da intubação, os movimentos começaram a voltar, mesmo com dificuldade, ele escreveu uma carta para a equipe médica.

Ontem (5), foi um grande dia, Régis recebeu alta médica e retornou para casa, para ficar com toda a sua família. Foram quase 50 dias longe de todos, pelos menos, 35 sem ter contato com ninguém, assim que a ambulância estacionou em frente ao hospital, a emoção falou mais alto entre os Feitosa.

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook