O Cabo da Polícia Militar Mayron Myrray Bezerra Aranha, de 29 anos, já está recolhido a uma cela na sede do 2º BPM de Juazeiro do Norte. Ele é acusado de lesionar com um tiro no braço a jovem Nathália Maria da Silva, de 23 anos, que reside no bairro São José em Juazeiro. O crime aconteceu às 07h30min da última sexta-feira (08) perto de uma boate no Sítio Mata dos Duda em Barbalha e ela apontou como motivo o fato de ter se recusado a fazer sexo com o policial.

Os dois tinham bebido durante a noite e madrugada daquele dia e, na fuga, o Cabo Myron ainda se envolveu num acidente ao bater o seu carro num poste da rede elétrica nas imediações da Indústria IBK. A garota foi socorrida pelo SAMU e esteve internada no Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro. O PM é lotado no Batalhão de Iguatu e se apresentou na tarde desta terça-feira na Delegacia Municipal de Polícia Civil de Barbalha acompanhado de um advogado.

Após prestar depoimento, a autoridade policial apresentou ao Cabo Mayron um Mandado de Prisão Temporária expedido pela Comarca de Barbalha. Por volta das 18 horas ele foi submetido a exame cautelar na Perícia Forense de Juazeiro e recolhido ao 2º BPM. A reportagem do Site Miséria não teve acesso ao que disse o PM no depoimento prestado. Ele vai responder inquérito policial por crime lesão corporal e deve ser submetido a uma sindicância no Conselho de Disciplina da Polícia Militar.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook