Quatro pessoas foram mortas depois de serem baleadas na madrugada desta quinta-feira (14), em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza. O crime ocorreu em uma residência Rua Vera Cláudia, no Bairro Área Seca, Novo Maranguape.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), os indivíduos entraram dentro da residência e efetuaram disparos de arma de fogo contra os moradores. Sebastião Rodrigo Cavalcante Barbosa de 19 anos, os dois irmãos identificados como Nardiey Moreira Marques da Silva de 21 e Nardilan Moreira Marques da Silva de 20 e uma quarta pessoa ainda não identificada foram atingidos e morreram no local. As vítimas não possuíam antecedentes criminais.

Moradores relataram para agentes de segurança que existe na região um grupo cometendo os crimes. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no imóvel e colheu evidências que irão auxiliar as investigações. A Delegacia Metropolitana de Maranguape investiga o caso.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem.

Violência em Maranguape

Na última segunda-feira (11), um homem e uma mulher, foram mortos a tiros dentro da casa da própria mãe. O duplo homicídio aconteceu por volta das 3h30 da madrugada, na Rua Maria Efigênia, no Bairro Parque São João.

Via G1 Ce

A vítima, identificada como Leandro de Araújo Silva, de 35 anos, era o alvo dos criminosos, que chegaram a invadir a parte da frente e atrás da casa para executá-lo. Na ocasião, ele estava dentro do imóvel com a irmã, os dois filhos e a mãe. A irmã de Leandro, Antônia Jéssica de Araújo Silva, de 28 anos, também acabou sendo atingida acidentalmente quando se movimentava dentro da casa, que estava escura no momento do crime.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que os irmãos não tinham antecedentes criminais.

 
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook