Naumi Amorim (PSD), candidato à reeleição em Caucaia, disse que há perseguição política ao citar operação da Polícia Federal, na qual foram detidos seu irmão e secretários, com cerca R$ 600 mil. Há suspeita de crime eleitoral. “Nunca vou me esconder de nada, mas a gente sabe que existe perseguição política e a gente tem que enfrentar isso”, disse.

Bia Ponto Poder – Diário do Nordeste

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook