A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o crime de maus-tratos contra um cavalo, cometido no domingo (6), em Paudalho, na Zona da Mata de Pernambuco. Em imagens divulgadas na internet, é possível ver que o animal foi jogado de uma ponte. As imagens são fortes (veja aqui).

Nas imagens, foi possível ver que pessoas assistiram o ocorrido, sem interferir. De acordo com a prefeitura de Paudalho, o crime aconteceu durante uma romaria com destino ao Santuário de São Severino dos Ramos. O animal foi retirado sem vida do local pela equipe do município.

“Apesar do intuito pacífico e ordeiro dos fiéis presentes, tristemente, o que deveria ser um momento de conexão com o Sagrado foi marcado por uma lamentável cena de violência contra um dos cavalos que integravam a comitiva”, afirmou a administração do município, em nota.

Ainda de acordo com o texto, o prefeito Marcelo Gouveia (PSD) “está buscando o Ministério Público e as autoridades policiais e ambientais para que as medidas legalmente cabíveis sejam tomadas no sentido de punir os responsáveis pela ação atroz e desumana”.

Nas redes sociais, Gouveia divulgou uma nota de repúdio sobre o ocorrido. A ativista Luisa Mell também criticou o ato em post.

“Grande parte dos animais de romaria não resistem ao trajeto e acabam sendo descartados pelo caminho, como objetos. […] Precisamos repensar nossa relação com outras vidas. Nenhum ser vivo merece sofrer assim”, escreveu a ativista.

O caso ficou sob a responsabilidade da Delegacia de Paudalho, que já está de posse dos vídeos divulgados nas redes sociais, segundo a Polícia Civil.

Fonte: G1 PE

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook