Um decreto do Governo do Estado do Ceará publicado na sexta-feira (12) determina regras para o funcionamento do comércio e atividades durante o período de fim de ano. Entre 15 de dezembro e 4 de janeiro de 2021, as festas e eventos sociais no estado estarão proibidos. Em residências e áreas comuns de condomínios, o limite de pessoas reunidas é de 15, conforme o decreto.

“O objetivo é frear a maior propagação do vírus, até que tenhamos a vacina, cuja aquisição estamos empreendendo todos os esforços para conseguir o mais rápido possível”, justificou o governador do Ceará, Camilo Santana.

Comércios, barracas de praia, hotéis e shoppings terão regras para o funcionamento no período. Confira o que muda:

 

Eventos em áreas de uso comum (casas e condomínios)

 

 

  • Proibição de festas em áreas comuns de quaisquer condomínios, residenciais, de lazer e mistos.
  • Limitação da capacidade máxima de festas residenciais, em cada unidade, a 15 (quinze) pessoas, incluídos os moradores e colaboradores.
  • Proibição da realização pelos entes públicos de festas de réveillon (31 de dezembro), salvo em meio exclusivamente virtual.

 

 

Restaurantes, barracas de praia e hotéis

 

 

  • proibição de festas, de qualquer tipo, em quaisquer restaurantes, barracas de praia, hotéis e outros estabelecimentos fechados e abertos;
  • limitação de seis pessoas por mesa nos restaurantes e afins, com limite de 50% da capacidade máxima;
  • limitação para o setor de hotelaria e pousadas, do uso dos apartamentos e quartos ao máximo de 3 adultos ou dois adultos com três crianças;

 

 

Shopping centers e comércio de rua

 

 

  • autorização para que os shoppings possam, se assim decidirem, ampliar o horário de funcionamento de 9h às 23h, mantendo o horário de encerramento da praça de alimentação e restaurantes às 22h e o limite de ocupação de 50%;
  • Autorização para que o comércio de rua possa, se assim decidirem, também ampliar o horário de funcionamento de 9h às 23h, observado o limite de ocupação dentro dos estabelecimento;
 

 

Eventos e áreas de uso comum

 

 

  • suspensão do dia 15 de dezembro a 4 de janeiro de 2021 de quaisquer eventos sociais e corporativos, privados ou públicos, em ambientes abertos ou fechados no Estado.
  • proibição de festas em áreas comuns de quaisquer condomínios, residenciais, de lazer e mistos;
  • limitação da capacidade máxima de festas residenciais, em cada unidade, a 15 (quinze) pessoas, incluídos os moradores e colaboradores, devendo, no caso de condomínios, se fazer constar a capacidade máxima das respectivas unidades em local de fácil visualização dos condôminos.
  • proibição da realização pelos entes públicos de festas de réveillon (31 de dezembro), salvo em meio exclusivamente virtual.

Via G1 Ce

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook