Um projeto apresentado pelos senadores Alesandro Vieira (Cidadania-SE) e Esperidião Amin (PP/SC) quer a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial e do estado de calamidade pública até o dia 31 de março de 2021. O estado de calamidade pública, conforme havia sido estabelecido pelo Governo Federal, vale até o dia 31 de dezembro deste ano.

Conforme o Projeto de Lei nº 5495/20, “fica instituído, até 31 de março de 2021, o auxílio emergencial residual a ser pago em parcelas mensais de R$ 300 (trezentos reais) ao trabalhador beneficiário do auxílio emergencial de que trata o art. 2º da Lei nº”.

 

 

O projeto foi apresentado no dia 14 deste mês. Em uma rede social, o senador Alessandro Vieira criticou a “inércia do Governo Federal” sobre o programa nacional de vacinação e disse que “é preciso garantir o mínimo de estabilidade social” até que isso ocorra. “Por isso apresentei o PL 5495, que estende o auxílio emergencial e o estado de calamidade até 31/03”.

Via Diário do Nordeste
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook