A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) capturou nesta quarta-feira (13) 21 pessoas que estavam com mandados de prisão em aberto, durante uma operação para coibir crimes. A ação aconteceu em 16 bairros de Fortaleza e teve a participação de 110 policiais civis.

Os mandados de prisões preventivas e temporárias são em decorrência de crimes de homicídio, tráfico de drogas, organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e roubo. A ação foi coordenada pelo Departamento de Polícia Judiciária da Capital (DPJC) e desempenhada pela equipe da Dissuasão Focada e dos 25 Distritos da Capital.

A operação, segundo a polícia, se baseou nos levantamentos específicos de checagem do Disque-Denúncia (181), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e foi planejada após uma pesquisa sobre os mandados de prisão existentes nas Áreas Integradas de Segurança de 1 a 10 de Fortaleza.

Conforme a instituição, em uma das ocorrências, além do cumprimento do mandato, um dos suspeitos foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Na ocasião, uma espingarda foi encontrada e apreendida. Todos os capturados foram levados para a realização de procedimentos nas delegacias de Fortaleza.

Operação para coibir crimes resulta na prisão de 21 pessoas em Fortaleza. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Operação para coibir crimes resulta na prisão de 21 pessoas em Fortaleza. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

 

 

Dois homens presos e três armas apreendidas

 

Ainda nesta quarta-feira (13), a polícia prendeu dois homens e apreendeu três armas de fogo em duas ações diferentes. Na primeira, ocorrida pela manhã, o suspeito identificado como Francisco Wellington Marques da Costa, de 25 anos, foi capturado no Bairro Dias Macedo.

Francisco Wellington responde a quatro procedimentos policiais: tráfico de drogas e três homicídios. Ele seria ainda a “nova chefia” na região de Maranguape. Contra ele, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva por homicídio.

Já na tarde desta quarta-feira (13), a polícia prendeu um jovem de 22 anos, identificado como Francisco Ramon Freitas de Lima, que responde por furto e receptação. Com ele, os policiais encontraram três revólveres. Ele é suspeito de participar de um coletivo criminoso no Bairro Pirambu.

Via G1 Ce

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook