A Polícia Federal realizou nesta sexta-feira (22) uma nova fase da Operação Arquivo Proibido, que apura e combate divulgação e posse de arquivos com pornografia infanto-juvenil na internet. Foi cumprido um mandado de busca e apreensão no Bairro Vila Velha, em Fortaleza, determinado pela 12ª Vara da Justiça Federal.

Os policiais apreenderam computadores, telefone e mídias. Caso seja detectada a presença de material pornográfico envolvendo criança e adolescentes, o suspeito responderá por crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, com penas de reclusão de três a seis anos. Não houve prisão.

A operação recebeu indícios de que cearenses atuam no compartilhamento de imagens pornográficas de adolescentes para criminosos na Itália. A ação dos policiais contou com colaboração da polícia italiana.

Em 2020 a Polícia Federal cumpriu 33 mandados de busca e apreensão nas fases da Operação Arquivo Proibido no Ceará. As ações foram realizadas em Fortaleza, Maranguape, Limoeiro do Norte, Massapê, Meruoca, e Maracanaú.

Via Diário do Nordeste

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook