Uma paciente internada no hospital Abelardo Gadelha em Caucaia foi vítima de abuso sexual, enquanto estava sedada, por um técnico de laboratório contratado por uma cooperativa que presta serviço na unidade médica. Funcionários do hospital denunciaram o crime para a direção, que fez um boletim de ocorrência e comunicou o fato, por meio da Secretaria Municipal de Saúde – SMS, ao Ministério Público para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

Em nota de esclarecimento a direção do hospital informa que foi instaurada uma sindicância e que a família da vítima foi informada sobre o ocorrido. A nota também fala sobre o pedido de afastamento do cooperado diante um fato “criminoso e inadmissível” e que se solidarizam com a família da vítima, disponibilizando todo atendimento psicológico e social na tentativa de minorar o sofrimento da vítima e de sua família.

Redação Jornal dos Municípios

Veja nota de esclarecimento:

Via Jornal dos Municipios 

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook