Equipes da Delegacia Regional de Canindé, da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), realizaram o resgate de um cão que estava abandonado e com sinais de maus-tratos, em uma rodovia federal. A ação aconteceu nesse domingo (24), na BR-020, em Canindé, na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado.

As equipes foram informadas por populares sobre um animal que estava abandonado na rodovia federal e com sinais de maus-tratos. Diante do caso, os policiais civis foram até o local indicado e fizeram o resgate do cão. O animal estava desidratado e foi encaminhado para uma clínica veterinária onde foi atendido e medicado. Após o resgate, um morador da região se interessou em adotá-lo.

Maus-tratos a animais é crime ambiental previsto no art. 32 da Lei 9.605/1998 (Lei de Crimes Ambientais), com detenção de dois a cinco anos. A Delegacia Regional de Canindé apura o caso no intuito de identificar o antigo dono no animal e investigar as circunstâncias do crime.

Denúncias

A população pode denunciar casos de maus-tratos por meio do 190 da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, ou em qualquer delegacia da Polícia Civil do Estado do Ceará. Em Fortaleza, a população conta ainda com o trabalho da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). A unidade especializada atende pelos telefones (85) 3247.2637 ou 3247.2630 e também pelo e-mail [email protected] Os registros podem ser feitos por meio da Delegacia Eletrônica (Deletron) no site www.delegaciaeletronica.ce.gov.br/beo/, em qualquer horário do dia ou da noite.

Sobre o caso de Canindé, as pessoas podem colaborar repassando informações que auxiliem na identificação dos autores do crime. As denúncias podem ser feitas pelo número (85) 3343-6813,da Delegacia Regional de Canindé. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook