Um cerco inteligente e ágil de uma composição do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultou nas capturas de um adulto e de um adolescente. Eles são suspeitos de participarem de uma ocorrência de roubo que teve como vítimas um motorista de aplicativo e uma passageira do serviço de transporte. A diligência policial aconteceu na tarde desse sábado (13), no bairro Bom Jardim, na Área Integrada de Segurança 2 (AIS 2).

Conforme informações colhidas durante a ocorrência, a dupla se aproximou do veículo de aplicativo que estava parado no semáforo, anunciou o assalto e ameaçou as vítimas com o que parecia ser uma arma de fogo. Os celulares do motorista e da passageira foram subtraídos pelo adulto, segundo consta no relatório dos PMs. Em seguida, a dupla fugiu levando os objetos e portando uma mochila preta. Uma equipe do Raio fazia patrulhamento na área quando foi informada do roubo.

Imediatamente, as motocicletas dos raianos saíram em busca dos suspeitos. Em poucos minutos, os indivíduos foram avistados e abordados em via pública. Sergio da Costa Lima (19), com uma passagem por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa, foi parado, mas nada de ilícito foi encontrado com ele. Porém, antes da parada, o suspeito abandonou a mochila preta em cima de um carro estacionado na rua.

Quando os militares abriram a mochila, encontraram um simulacro de arma de fogo, dois aparelhos celulares e algumas peças de roupa, possivelmente utilizadas para dificultar o reconhecimento. O adolescente de 17 anos também foi capturado. A dupla e os objetos apreendidos pelos policiais foram conduzidos para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde as vítimas também compareceram para prestar depoimento e recuperar os celulares roubados.

Após serem ouvidos, Sergio foi autuado em flagrante por roubo majorado pelo concurso de pessoas e corrupção de menores. Em desfavor do adolescente, que não possuía passagem anterior, foi feito um ato infracional análogo ao crime de roubo. Os celulares foram devolvidos às vítimas. A Polícia Civil mantém as investigações no sentido de descobrir se os suspeitos estão envolvidos em outros delitos na região.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook