Sem receber visitas há quase um ano, devido à pandemia de Covid-19, dois casais de idosos se casaram no asilo onde vivem, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), nesta quarta-feira (24). As informações são do portal G1.

Antônia Moura Almeida, de 81 anos, se casou com Geraldo Bercia, de 69. E Neide Antônia Samos, de 68 anos, celebrou a união com Rodrigo Antônio Bethonico, de 84 anos. A cerimônia teve direito a véu e grinalda, ternos, buquês e bolo com ‘noivinhos’ no topo.

A cerimônia ocorreu na instituição, o Lar Maria Clara, apenas para moradores e funcionários. Os familiares e amigos puderam acompanhar o casamento duplo pela internet.

A presidente do lar, Ângela Campos, afirmou que os idosos tiveram mais tempo para se conhecer ao longo de 2020, com a suspensão das visitas. São 27 mulheres e 33 homens abrigados no local.

Geraldo vive no asilo há quatro anos e recebia visitas dos irmãos e sobrinho, mas sempre pediu por uma namorada. Ele se aproximou de Antônia na área externa do lar, sem imaginar que a companheira se tornaria a sua primeira esposa. A mulher é residente do lar há 26 anos. Ela não tem família, mas costumava receber amigos.

Neide e Rodrigo se aproximaram durante a pandemia e foram flagrados aos beijos pelos funcionários. Ela tem dois filhos e vive no lar desde 2016. Já Rordrigo mora no asilo há 15 anos, e costumava receber a visita dos três filhos.

Fonte: Diário do Nordeste

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook