O cantor de forró Batista Lima anunciou, nesta terça-feira (23), a demissão dos funcionários da banda. A ausência de eventos por conta da pandemia do coronavírus foi o principal agravante da decisão. O forrozeiro é mais um nome da música atingindo pelos efeitos da Covid-19.

“Depois de tanta luta, depois de tanta batalha, Deus sabe o quanto lutei para que isso não acontecesse, mas infelizmente hoje tive que demitir os membros, ou seja, todos os meus funcionários. Com muito dor no coração que venho aqui”, declarou o cantor em vídeo. 

Batista Lima publicou vídeo com imagens das carteiras de trabalho e contratos dos funcionários.”Deus está no comando. Deus está no controle de tudo. Quero agradecer a compreensão de todos os meus funcionários. Lembrando, como eu disse a eles, nós vamos nos encontrar lá na frente”. 

Assim como outros nomes do forró, Batista Lima passou o ano de 2020 realizando lives. Anualmente, o cantor realiza de 20 a 25 shows durante os meses de junho e julho — período com comemorações juninas. A ausência de eventos no São João enfraqueceu ainda mais diversas bandas do gênero nordestino.

BATISTA LIMA LUTOU CONTRA A COVID-19

Em dezembro de 2020, o cantor Batista Lima foi diagnosticado com Covid-19. Ele e a esposa — também com exame positivo da doença — realizaram tratamento em Salgueiro (PE).

Natural de Serra Talhada, Batista Lima ficou conhecido nacionalmente, no início dos anos 2000, pelas músicas na banda Limão com Mel. 

Via Diário do Nordeste

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook