Em meio a dados ruins sobre a pandemia de Covid-19, o pequeno Pedro Victor Lima de Aquino, de 9 anos, teve a ideia de levar alegria e conforto a pessoas desconhecidas. Ele abriu mão do dinheiro guardado para comprar um videogame e o utilizou como prêmio de uma rifa — segundo ele, para “acabar com a fome do mundo inteiro”.

Sensibilizado pelas dificuldades impostas pela pandemia, especialmente aos mais necessitados, o menino – que perdeu o avô ano passado para o coronavírus – resolveu ajudar as pessoas de alguma forma, segundo relata Mariana Madeira, mãe dele. 

A ideia da rifa surgiu há cerca de uma semana, após a mãe questionar: “O que a gente pode fazer para ajudar as pessoas?”. Pedro, sem pensar duas vezes, foi até o cofre, contou as moedas e dispôs a quantia arrecadada por ele, de R$ 50, para o projeto.

O objetivo, conta a mãe, foi pedir um quilo de alimento por cada ponto da rifa, para que todo o apurado fosse revertido em cestas básicas, a serem doadas à população carente. 

Segundo Mariana, as pessoas do bairro Sapiranga, onde moram, foram ajudando, até que o projeto foi compartilhado por páginas locais de grande alcance. “Foi um momento muito grande”, comenta, frisando que contou com muita gente. “Sei que Deus tá na frente, mas nós também temos o apoio da comunidade, que realmente é bem necessitada”.

Via Diário do Nordeste 

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook