O recém-nascido que foi encontrado abandonado dentro de um saco de lixo em um lote baldio de Nerópolis, na Região Metropolitana de Goiânia, morreu no hospital onde estava internado. A Polícia Civil está investigando o caso e já ouviu algumas testemunhas para tentar identificar quem deixou o bebê no local.

O bebê foi encontrado dia 23 por policiais militares. Eles foram chamados por vizinhos que ouviram o choro do menino. Ele foi socorrido e levado para um hospital da cidade e, depois, transferido em estado grave para a Maternidade São Judas Tadeu, em Goiânia. Porém, ele acabou morrendo na quarta-feira (31).

“As investigações, agora, passam a ser de homicídio qualificado, por se tratar de até um crime hediondo o que aconteceu. Até o momento, temos suspeitas, mas será necessário a confecção de provas. A gente solicita o apoio da população de Nerópolis com informações”, disse o delegado André Fernandes.

Quando foi resgatado, os policiais relataram que o recém-nascido estava roxeado, com o cordão umbilical rasgado, aparentemente tendo perdido muito sangue. O delegado disse ainda que o abandono causou uma série de problemas de saúde na criança.

“Tivemos informações médicas de que se o bebê sobrevivesse, ele teria extremas necessidades de saúde. Ele não iria conseguir se alimenta sozinho, não conseguiria anda, teria uma série de sequelas em decorrência desse abandono”, completou.

O caso também é acompanhado pelo Conselho Tutelar da cidade. O órgão pede para que pessoas que tenham alguma informação sobre o caso, denuncie à polícia pelo telefone 197.

Via G1 Go

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook