O governador Camilo Santana (PT) anunciou, neste sábado (10), que o isolamento social rígido no Ceará será flexibilizado a partir de segunda-feira (12).

“Continuamos o isolamento social, ele tem mostrado efeitos importantes, o isolamento depende de cada cidadão. Então resolvemos informar que mantemos o isolamento social, vamos ter toque de recolher das 22h às 5h. O isolamento rígido continua nos fins de semana. E serão gradualmente liberados os serviços com 25% da sua capacidade. Vão funcionar em horários diferenciados para reduzir a pressão no sistema de transporte”, afirmou.

 

Camilo pontuou que “há uma tendência de redução de casos, na procura assistencial, tendência [de queda] também na transmissão viral. Lembrando que a situação continua de alerta e não podemos relaxar um minuto em relação à pandemia”, afirmou.

 

Veja o que muda com o novo decreto:

 

  • Serviços não essenciais vão poder retornar as atividades de forma gradual (os detalhes quais serviços serão abertos primeiro ainda serão divulgados no Diário Oficial do Estado);
  • Estabelecimentos vão poder conter no máximo 25% do público;
  • Igrejas e templos religiosos vão poder receber 10% da capacidade máxima;
  • Algumas atividades, ainda não divulgados, vão continuar com os serviços suspensos;
  • Haverá toque de recolher das 22h às 5h;
  • Serviços diferentes serão ofertados em horários diferentes para reduzir a lotação nos ônibus do transporte público;
  • Escolas: ampliado o funcionamento para presencial de 4 e 5 anos, além do primeiro e segundo ano do ensino fundamental com 35% da sua capacidade.

 

O setor do comércio e outras áreas afetadas pelo fechamento do comércio vem pressionando o governo pela retomada da economia, alegando crise na área e desemprego.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook