Um motorista de aplicativo foi mantido refém por um grupo de três criminosos armados após um assalto no Bairro Barra do Ceará, em Fortaleza, na noite deste sábado (10). De acordo com a polícia, os suspeitos roubaram o aparelho celular de um entregador de uma loja de artigos de telefonia pela tarde. Pelo celular do entregador, o trio chamou o motorista de aplicativo para uma corrida já no período da noite.

De acordo com a polícia, o dono do celular roubado tinha o mesmo aplicativo no celular da namorada e ela percebeu quando pediram uma corrida. Houve um desconto no cartão de crédito dela. Desconfiada, a namorada do dono do celular acionou a polícia. O pedido partiu da Rua Grito de Alerta, no Bairro Barra do Ceará, com destino ao Sesc Iparana – Hotel Ecológico, em Caucaia.

Os bandidos fizeram o motorista de refém e assaltaram moradores na porta de casa, em Iparana. No momento de um dos crimes, um morador testemunhou o assalto, anotou a placa do veículo e ligou para a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Perseguição e prisão

Depois de sair de Caucaia, os criminosos retornaram para Fortaleza. Quando os assaltantes estavam na Rua Araken, Barra do Ceará, houve uma perseguição. Durante a fuga, o grupo bateu o veículo em uma barreira de concreto.

Dois suspeitos conseguiram fugir. O terceiro suspeito foi preso. Segundo a polícia, ele foi reconhecido por uma das vítimas como sendo a pessoa armada que tomou celulares de assalto.

A polícia afirmou que o motorista foi colocado no banco de trás, com as mãos amarradas. Ele não ficou ferido e o carro foi recuperado. No automóvel, policiais militares encontraram seis aparelhos celulares e um revólver calibre 38.

Via G1 Ce

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook