No momento em que ocorria o estupro de vulnerável contra uma menina de 8 anos no bairro Frei Damião, outro caso de estupro tinha como vítima uma jovem de 20 anos igualmente em Juazeiro do Norte e na tarde desta quinta-feira. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) que reteve o aparelho celular da irmã da vítima para as devidas averiguações na tentativa de identificar e descobrir o paradeiro do acusado.

Era ela quem tinha mantido contatos, via redes sociais, com o suposto sacerdote a ponto de atraí-lo até sua residência numa das localidades rurais de Juazeiro. Inclusive, foi apanhar no terminal rodoviário o homem que veio de outro estado o qual pode ser padre ou se passava como tal. O relato feito para a autoridade policial dá conta que ele cantava e orava constantemente conquistando a confiança de mãe e filhas que são integrantes de certa comunidade católica.

Informações extraoficiais apontam que a mãe teria ido para a lida na roça e a filha responsável por atrair o suposto padre saíra de casa para resolver algo. A garota de 20 anos ficou sozinha no imóvel e teria sido dopada pelo acusado. Quando a mesma acordou, notou que o “padre” estava despido e sobre a jovem que era abusada sexualmente. A vítima pediu socorro e o homem despareceu. Nesta sexta-feira, a estudante foi submetida a exame sexual na Perícia Forense de Juazeiro do Norte.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook