Um passageiro é suspeito de estuprar uma menina de 3 anos enquanto a mãe dela dormia, dentro de um ônibus, em Jaraguá, no centro de Goiás. Segundo uma testemunha disse à Polícia Civil, o homem foi visto conversando e tentando abraçar a criança, sem a supervisão da mãe. O suspeito foi levado à delegacia, mas não foi preso.

G1 não conseguiu localizar a defesa do suspeito, pois a identidade dele não foi divulgada pela corporação.

O caso aconteceu no sábado (8). Segundo a investigação, no dia, após ficar sabendo por passageiros que havia um suposto caso de abuso sexual dentro do ônibus, o motorista parou em uma churrascaria da cidade para acionar a Polícia Militar.

Ao chegar ao local, a PM encaminhou o suspeito, a mãe, a menor, o motorista, e uma testemunha para a delegacia de Polícia Civil. De acordo com a delegada Alanna Duarte, na delegacia, não houve elementos suficientes para prender o suspeito em flagrante.

“Ouvimos a mãe, e as testemunhas e, posteriormente, o homem foi liberado. Nas conversas com os envolvidos, disseram que a mãe estava dormindo, e esse senhor estava na poltrona ao lado, conversando com a criança. Uma pessoa teria dito para a mãe que ele havia tentado dar um abraço na criança”, disse.

Segundo a delegada, o caso foi registrado como estupro de vulnerável e segue em investigação.

“Não tivemos elementos suficientes para prender ele. A testemunha relatou um fato, o motorista nada viu. Outros passageiros também disseram que não viram. Tudo ainda é muito vago. Seguimos nas diligências”, explicou a investigadora.

A Polícia Civil não soube informar de onde o ônibus estava vindo quando ocorreu o fato, mas informou que o veículo seguia para o Tocantis. O nome da empresa de ônibus não foi divulgado.

Via G1 Mts 

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook