Um idoso de 71 anos foi preso, nesta quinta-feira (27), suspeito de estupro de vulnerável em Jaguaribara, interior do Ceará. O crime, conforme levantamentos policiais, foi praticado diversas vezes entre os anos de 1999 e 2004 e teve como vítima a enteada do suspeito, que residia na mesma residência em Limoeiro do Norte, outro município cearense. A prisão ocorre 22 anos após o primeiro abuso.

Os abusos contra a vítima duraram dos 11 aos 16 anos de idade, como mostram as apurações policiais. A enteada, inclusive, teve um filho com o padrasto quando tinha 13 anos, segundo os apontamentos da investigação. A prisão foi determinada pela Comarca de Limoeiro do Norte.

A captura do suspeito foi efetuada por agentes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), que aplicavam um mandado de prisão preventiva em desfavor dele. A equipe de policiais civis da Delegacia de Limoeiro do Norte começou as diligências após a emissão do mandado de prisão.

Durante as buscas, os profissionais de segurança obtiveram informações a respeito da localização do suspeito, que não morava mais na cidade onde aconteceram os delitos. Ele se encontrava residindo atualmente no município de Jaguaribara, distante cerca de 90 quilômetros de Limoeiro do Norte. Ele não reagiu à abordagem policial e recebeu voz de prisão.

Logo após, o idoso foi conduzido à Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte, da PCCE, para a realização dos procedimentos. Ele se encontra à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: O Povo

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook