Com apoio de operadores do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) capturou três homens suspeitos de tráfico de drogas e roubo no município de Caucaia – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11) do Estado. Durante as ofensivas, um simulacro de pistola, aparelhos celulares roubados e drogas foram apreendidos.

O primeiro a ser preso foi José Cleison Oliveira Teobaldo (25), com passagens por receptação. Ele foi capturado durante uma ação ostensiva dos raianos no bairro Jurema. Com José Cleison, 21 trouxinhas de maconha, uma balança de precisão, sacos para embalar entorpecentes e dinheiro foram apreendidos. Diante do flagrante, ele foi conduzido para a Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC).

Icaraí

Durante o percurso, os militares tomaram conhecimento de um roubo em andamento no bairro Icaraí. Na ocasião, um motorista de aplicativo havia sido assaltado por um homem e uma mulher durante uma corrida solicitada por eles. Após diligências, Matheus Vieira Dias (25), com passagens por posse de drogas, e Maria de Nazaré Ferreira da Silva (27) foram capturados.

Com eles, dois aparelhos celulares e dinheiro foram recuperados e, após a prisão, restituídos a vítima. Um simulacro de pistola também foi apreendido. Os três suspeitos foram encaminhados para a unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), onde foram ouvidos. Na delegacia, José Cleison foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Já Matheus e Maria Nazaré foram autuados por roubo majorado pelo concurso de pessoas.

Denúncias

A população pode contribuir com as ações na região repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações podem ser direcionadas ainda para o (85) 3101-3360, que é o telefone da Delegacia Metropolitana de Caucaia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook