As comemorações em junho ocorrem desde a Idade Média. À época, Juno era a grande homenageada do mês; por isso, ele recebe esse nome. Depois da evangelização da Igreja Católica na Europa, processo conhecido como cristianização, foram instituídas as comemorações dos santos Pedro, Antônio e João. Antes disso, os festejos ocorriam também para agradecer o período da colheita no campo e para celebrar o dia mais longo no Hemisfério Norte, chamado de solstício.

No Brasil, mesmo antes da colonização portuguesa e da infiltração católica, os indígenas já comemoravam com fartura o mês de junho. O período era de agradecimento às colheitas após o período de chuvas. Ao passar dos anos, a saga do sertanejo foi sendo introduzida nas expressões juninas. As roupas remetem às formas de vestir do homem e mulher do campo.

As expressões culturais durante o mês de junho, principalmente com as quadrilhas, têm ficado ao longo dos anos cada vez mais luxuosa, aumentando os gastos na produção e manutenção dos festejos. “Tenta-se reinventar uma tradição. A chegada das festas juninas aqui pela colonização portuguesa. Vai ser implementada nas áreas rurais. As tradições passam para a cidade; estas reinventam as tradições a partir do luxo. Há toda uma mudança de forma que reatualiza a tradição”, destaca Otávio Lemos, doutor em Geografia e professor do curso na Universidade Estadual do Ceará (Uece).

O Nordeste do País guarda as heranças portuguesas em suas raízes e é a região com essa característica mais forte. As comemorações arrastam-se durante todo o mês de junho. Principalmente nos polos de comemoração, como nos estados de Pernambuco e da Paraíba, onde a produção de grão nos seis primeiros meses do ano é característico dessa região.

No Ceará, os municípios da região do Cariri e em Maracanaú, área metropolitana de Fortaleza, destacam-se durante o mês de junho com as comemorações. A tradicional festa do Município vizinho à Capital atrai turistas e oferece atrações reconhecidas nacionalmente.

Via O Povo Online

Siga-me

Jornalista Ricardo Cavalcante

Informações e contato em Portal Jurema News
Jornalista sob registro Drt 3648/Ce
Quem sou: Estudante de Jornalismo pelo a universidade Estácio de Sá, sou um apaixonado por tecnologia, busco sempre novas tecnologias para deixar esse portal cada vez mais completo.
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook