Os investigados prestaram esclarecimentos aos delegados e foram liberados para responderem em liberdade

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou uma operação cujos alvos têm envolvimento com o “jogo do bicho” no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Ao todo, cerca de 80 profissionais da segurança pública participaram da força-tarefa que resultou na condução de 20 pessoas à Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) com base na Lei das Contravenções Penais.

As conduções realizadas dentro da operação “Deu Zebra” foram de pessoas que agiam com a exploração ilegal de apostas, prática ilícita conhecida por jogo do bicho. Após investigações da Metropolitana de Caucaia, a Polícia Civil identificou os alvos, localizados nos bairros Araturi, Jurema e Parque Potira. Além das conduções, os policiais civis apreenderam vasto material, como máquinas de fazer jogo, talões, bilhetes de apostas, dinheiro, cadernos com anotações, celulares, impressoras, notebook e máquinas de cartão. Em alguns locais, apenas os materiais foram recolhidos, pois não havia ninguém nos estabelecimentos.

Ainda durante o cumprimento dos mandados, os policiais civis descobriram que, em alguns casos, os investigados chegavam a recolher entre R$ 400 e R$ 1 mil por dia. Ademais, em boa parte dos estabelecimentos, os investigados acobertavam a atividade ilegal realizando a venda de jogos regularizados, obedecendo a legislação vigente.

Todo o material apreendido durante a operação foi levado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia. Os computadores e celulares seguiram para a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) onde serão analisados. Os investigados prestaram esclarecimentos aos delegados e foram liberados para responderem em liberdade.

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook