Foi inaugurado nesta terça-feira, 11, uma estrada que reutiliza cinzas de carvão na pavimentação. A via dá acesso ao Complexo Termelétrico do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, a 62,5 quilômetros de Fortaleza.

O material substitui de 50% a 95% de solo comum na base da estrada, que possui possui extensão de 1,3 quilômetro e 12 metros de largura. O investimento no serviço gira em torno de R$ 4,1 milhões.

Estrada feita com cinzas de carvão é inaugurada no Pecém.
Estrada feita com cinzas de carvão é inaugurada no Pecém. (Foto: Divulgação)

 

O projeto é fruto de uma pesquisa realizada pela EDP Brasil e pela Eneva em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), que começou em 2015. Conforme a assessoria de comunicação do empreendimento, os resíduos utilizados são subprodutos da geração de energia elétrica do Complexo Termelétrico de Pecém, composto pela UTE Pecém I e pela UTE Pecém II.

A via receberá tráfego de caminhões com insumos, ônibus de transporte de funcionários e veículos particulares. Lourival Teixeira, diretor de geração da EDP Brasil, explicou que “a substituição do solo natural na composição do asfalto traz ganhos ambientais e econômicos”.

Essa iniciativa abre a possibilidade de evitar a exploração de jazidas naturais para extrair solo nativo, prevenindo a degradação ambiental. A UFC vai elaborar um manual de uso, com normas e instruções de serviço em incentivo à concepção de pavimentos com utilização das cinzas oriundas de termelétricas.

Via O Povo Online

Siga-me

Jornalista Ricardo Cavalcante

Informações e contato em Portal Jurema News
Jornalista sob registro Drt 3648/Ce
Quem sou: Um apaixonado por tecnologia, busco sempre novas tecnologias para deixar esse portal cada vez mais completo.
Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Deixe uma resposta