Com a prisão do presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, na semana passada, o vice Demir Peixoto assumiu o cargo nesta segunda-feira (16). Vereadores da cidade da Região Metropolitana de Fortaleza também avaliam o afastamento definitivo do presidente do Legislativo Municipal.

O afastamento do ex-presidente Carlos Alberto Gomes de Matos Mota aconteceu após uma investigação do Ministério Público Estadual, que corre em segredo de justiça. A operação apura denúncias de superfaturamento na construção do anexo do Legislativo, apropriação indevida de pagamentos de servidores e contratação de funcionários fantasmas na Câmara. 

Os parlamentares lamentam o desgaste sofrido pela casa depois do afastamento do ex-presidente e de 13 servidores ligados ao gabinete dele.

O ex-presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, vereador Carlos Alberto Gomes de Matos Mota continua preso na Delegacia de Capturas. Além de perder o cargo de presidente, a determinação judicial também afastou o vereador do mandato.

Segundo o novo presidente Demir Peixoto, até que as investigações do Ministério Público sejam concluídas, a possível cassação do mandato do vereador afastado não será colocada em pauta no plenário. 

O vereador Demir Peixoto ficará como presidente da Câmara Municipal de Maracanaú até que seja votada a possibilidade de cassação do vereador. Ele explica que só haverá eleição para um novo presidente do Legislativo caso ocorra a vacância definitiva do cargo.

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook