Um motorista de aplicativo de 35 anos foi encontrado morto a facadas, em Fortaleza, na madrugada desta segunda-feira (20). A vítima foi identificada como Maivison Victor Furtado Bentemuller.

Segundo Juliana Mara Furtado, mãe, da vítima, o filho cursava marketing e trabalhava como motorista para completar a renda.

Ele saiu de casa no último sábado (18) com dois amigos para passear na Ponte Metálica, quando foi sequestrado por um grupo de cerca de vinte pessoas. Maivison foi torturado e morreu.

Após ter sido torturado, ele foi jogado em uma caçamba de lixo localizada na rua Adolfo Caminha, no bairro Moura Brasil.

Segundo a Polícia Civil, as investigações sobre o crime estão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo da vítima foi encontrado com marcas provocadas por objeto perfurocortante. O carro da vítima estava estacionado na Avenida Monsenhor Tabosa e não apresentava sinais de arrombamento. O veículo foi encaminhado para a delegacia.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook