A Justiça determinou que Ticiano Félix da Fonseca, prefeito afastado de Granjeiro, retorne ao cargo. A decisão acontece nesta terça-feira (18), um dia após a Câmara determinar a saída e empossar o presidente do Legislativo, Luiz Márcio Pereira (PMN), no cargo. Ticiano assumiu a Prefeitura após a morte do antecessor, executado em dezembro do ano passado. 

O juiz Marcelo Wolney Alencar Pereira de Matos, responsável pela decisão, afirmou que a saída do prefeito “feriu dispositivos legais e princípios da administração pública” e é “nulo de pleno direito”.

Empossado pela Câmara de Granjeiro, Luiz Márcio Pereira (PMN) se limitou a informar que a decisão judicial será acatada. Ticiano reassume a gestão na quarta-feira (19). 

ENTENDA
Ticiano e seu pai, Vicente Tomé, são investigados por participação na morte de João Gregório Neto, assassinado em 24 de dezembro do ano passado. Ticiano e João Gregório estavam rompidos há mais de oito meses, após o pai do atual prefeito fazer denúncias contra o antecessor. 

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me
Últimos posts por Jornalista Ricardo Cavalcante (exibir todos)

Comentários no Facebook