Um duplo homicídio foi registrado por volta das 18h30min desta quarta-feira no cruzamento das ruas Sebastião Palmeira e Ministro Colombo de Sousa nas imediações de um posto de combustível no bairro Aeroporto. Uma pessoa até o momento identificada apenas por “Janinho” retornava do Supermercado Econômico com sua esposa “Débora” após fazer algumas compras.

O casal morava na localidade denominada Vila Nova (Pedrinhas) para onde seguia à pé com um filho de apenas 2 anos, que não foi atingido pelos disparos e ficando a criança desesperada. O mesmo ocorreu com a mãe que, segundo testemunhas, chegou a se ajoelhar aos pés dos assassinos implorando para não serem mortos. Existem informações que os assassinos estavam um pouco adiante com a moto parada num local escuro aguardando os dois.

No momento em que se aproximaram, os acusados passaram a efetuar os disparos e fugiram na moto pela nova rodovia estadual na direção de Missão Velha. Várias patrulhas da polícia estiveram no local e diligenciaram sem o êxito de prender os assassinos. Existem informações que “Janinho” era testemunha de um crime de homicídio o que pode ter sido a casal de sua morte, enquanto a esposa foi igualmente assassinada como queima de arquivo. Mais detalhes a qualquer momento.

Com esse duplo homicídio já são quatro assassinatos no mês de abril em Juazeiro e 47 no decorrer do ano. Em relação a mulheres já são nove assassinadas este ano no Cariri e a sétima em Juazeiro. As anteriores foram: Sheila Cristina Lima Lins, de 34, Dayane da Silva Mascarenhas, de 30, e Damiana Samara Apolinário da Silva, de 28 anos, mortas no mês de janeiro. Ana Paula Nogueira Ventura, de 38, e Deisidéria Nascimento Gomes, de 21 anos, em fevereiro, além de Maria Rejane dos Santos, de 41 anos, no último dia 29 de março no bairro Campo Alegre.

Por Demontier Tenório
Miséria.com.br

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook