A batalha de um casal de idosos na Itália contra a Covid-19 comoveu o país, que é o segundo em número mortes causadas pela doença. Giorgio e Rosa, juntos há 52 anos, foram infectados pelo novo coronavírus em março e se recuperaram no mesmo hospital, mas em quartos separados. Após ambos melhorarem, os médicos do local preparam uma surpresa: um reencontro.

A equipe da unidade de saúde levou Rosa até Giorgio. Os abraços e carícias trocadas pelos companheiros emocionaram os presentes, que registraram o momento. A imagem comovente foi publicada pelo jornal Cremona Oggi junto a uma entrevista com uma das profissionais de saúde que atendeu o casal.

A médica Manuela Denti explicou ao site que Rosa recebeu alta e pode voltar para casa antes que o marido. A falta da companheira entristeceu o idoso, internado desde o dia 17 do mês passado com um princípio de pneumonia. O sofrimento de Giorgio comoveu os profissionais, que resolveram armar o encontro.

“Eu e minha colega Carla Garello (chefe de cirurgia) não hesitamos por um momento. Concordamos em fazê-los se encontrar, surpreendentemente. Foi um daqueles momentos que não se esquecem. Nenhum de nós conseguiu conter as lágrimas. Eles se abraçaram muito, trocaram palavras doces, foram dez minutos de ternura em que se quiseram assegurar que o outro estava bem de saúde. Esperamos que Giorgio se junte a Rosa depressa. Ele também não vê a hora de rever Willy, o cão que vive com eles há 17 anos”, disse Manuela Denti ao Cremona Oggi.

Diário do Nordeste

Por Redação
Miséria.com.br

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook