O governador Camilo Santana disse na noite desta sexta-feira (1º), que o sistema “lockdown”, não está descartado no Ceará. Ele disse que o assunto continua em discussão com a equipe de saúde do estado.

Ceará já tem 8 mil casos confirmados do novo Coronavírus e 539 óbitos, se for decretado “lockdown”, em Fortaleza, só vai poder funcionar hospitais, farmácias e supermercados. Assim vai diminuir o número de pessoas circulando nas ruas da capital cearense.

Camilo aproveitou para informar que o Centro de Formação Olímpica (CFO), agora vai ser usado para atender pacientes com sintomas menos graves da Covid-19.

Na manhã de hoje, o governador disse que se for necessário vai tomar medidas duras, em relação ao isolamento social, a expectativa era de que ele fosse anunciar na coletiva de hoje a noite, mas ele não anunciou, mas também não descartou. Se os números de casos e óbitos continuarem a subir, o governador não vai ter outra escolha, a não ser decretar o “lockdown”, que já foi decretado em São Luís, no Maranhão.

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook