Dezenas de motoristas promoveram uma manifestação, nesta quarta-feira (20), na avenida Engenheiro Santana Júnior, em Fortaleza. O grupo protestava contra as medidas de isolamento social rígido, na capital. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 18 pessoas foram detidas e encaminhadas ao 2º Distrito Policial, na Aldeota. 

“As pessoas são suspeitas de descumprirem determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, prevista no artigo 268, do Código Penal Brasileiro”, diz a nota divulgada pela pasta. A manifestação foi dispersada, mas a Polícia Militar permaneceu no local, para coibir possível nova aglomeração. “Outras pessoas que forem identificadas nas investigações da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) de terem participado e financiado da carreata serão também responsabilizadas criminalmente”, afirma a SSPDS. 

A ação de fiscalização têm apoio do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) e do Núcleo de Videomonitoramento (Nuvid) da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da SSPDS.

Protestos semelhantes já haviam sido registrados em Fortaleza durante a quarentena. Em abril, os manifestantes pediram até o retorno do Ato Institucional número cinco, período mais crítico da Ditadura Militar no Brasil. 

Via Cnews

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook