Uma mulher de 35 anos foi presa, na noite dessa quarta-feira (22), no aglomerado da Serra, região Centro-Sul de Belo Horizonte, após esfaquear e jogar água quente no marido. À Polícia Militar, ela alegou que agiu em legítima defesa.

De acordo com o boletim de ocorrência, moradores da área acionaram os militares depois que o homem, de 30 anos, foi encontrado caído em um beco da rua Nossa Senhora de Fátima sujo de sangue e com queimaduras pelo corpo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o atendimento e encaminhou o ferido ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII, onde foram constatadas duas perfurações no pulso e tórax. O estado de saúde dele não foi divulgado.

Durante o registro da ocorrência, a mulher foi encontrada próxima ao local da confusão. Aos policiais, ela contou que havia sido agredida com um pedaço de madeira.

Para se defender, deu as facadas e, em seguida, arremessou uma panela de água quente contra o companheiro. O motivo da briga não foi divulgado.

A suspeita foi encaminhada à Delegacia de Plantão 3 (Deplan).

Fonte: O Tempo

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook