Policiais civis do 5º Distrito Policial (DP) prenderam em flagrante, na tarde dessa quarta-feira (27), um motorista de aplicativo que importunou sexualmente uma passageira, em Fortaleza. A ocorrência foi registrada após a vítima pedir uma corrida, na manhã de ontem, no bairro Vila Peri, na Área Integrada de Segurança 05 (AIS 05).

Matheus de Sousa Alves (23), sem antecedentes criminais, foi preso após diligência dos policiais civis que receberam a denúncia da vítima. No registro de ocorrência, a mulher, de 37 anos, relatou que solicitou uma corrida via aplicativo para ir ao trabalho. Durante a viagem, o homem passou a fazer perguntas de cunho íntimo, exibir as tatuagens que possuía pelo corpo e em determinado momento passou a se masturbar. Nas proximidades do local de trabalho, a vítima saltou do carro e pediu ajuda. Ela compareceu ao 5º DP, onde registrou a ocorrência.

Com base nas informações e com o uso de inteligência artificial, os policiais chegaram ao carro utilizado pelo suspeito. O homem foi conduzido à delegacia onde foi reconhecido pela vítima. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao suspeito e ele foi autuado em flagrante por importunação sexual, Artigo 215-A do Código Penal Brasileiro.

O que diz a lei?

Art. 215-A. – Praticar contra alguém, e sem a sua anuência, ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro é crime com pena de reclusão de um a cinco anos.

Denúncia

As vítimas de importunação sexual podem fazer sua denúncia pelo Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher, e também acionar as forças de segurança, como a Polícia Militar do Ceará, por meio do 190. É fundamental o registro do Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima.

Jornalista Ricardo Cavalcante
Siga-me

Comentários no Facebook